domingo, 13 de fevereiro de 2011

Naguib inova no meio artístico moçambicano


Marcha mundial pela paz em 2009 trouxe Naguib a terras germánicas no final de Novembro de 2008. Em Munique, o conceituado artista plástico moçambicano discutiu aspectos ligados a sua exposição no âmbito do evento, organizado pelo movimento humanista mundial. Mas ele fez outras paragens no velho continente. Naguib em conversa com a DW falou ainda sobre a sua carreira e sobre valores inexistentes em Moçambique, como a cultura democrática aliada a votação. Recordo esta conversa…



Foto: Ismael Miquidade

Naguib: Vou daqui para Lisboa e depois para Luxemburgo e de seguida vou para Munique onde tenho um encontro com uma organização para fazer uma exposição a qual fui convidado porque vai acontecer a marcha mundial para a paz. E tenho um compromisso de fazer parte da marcha para a paz. Vou para Zurique participar

Nádia Issufo: Fez uma exposição de depois de oito anos de jejum...
Em Moçambique dediquei-me muito ao espaço artístico que era uma espécie de espaço artístico para além disso, tinha a componente de dança, literatura mas infelizmente viveu só dois anos e acabou por morrer. Mas a idéia é transformar esse espaço em arte moderna. O que limitou as exposições dentro de Moçambique, mas criei uma escola de pintura. Criei um grupo de 16 jovens que após a sua formação comigo estamos a fazer murais na cidade de Maputo. E estamos a fyer

NI: Já via que a cidade está muito bonita.Como murais como foi fayer os murais c esses jovens?
N: Foi bom porque foi feito com azulejo, mosaicos, pedras ornamentais e mármore. O sucesso foi tanto que vamos fazer o mesmo trabalho nas províncias, para além dos murais vamos fazer praças dos heróis, estamos a trabalhar num projecto chamado “Água com Dignidade” e queremos transformar esses projectos em obras de arte... forrada com azulejos onde vai jorrar água dos lados.. porque é nas fontenárias que se discutem os problemas, o ponto de captação de água é sempre o ponto de convivência. É muito trabalho que temos pra fazer, os aeroportos de Moçambique convidaram-nos para fazer murais, existe a componente  artísticas dentro dos aeroportos de Maputo, Vilankulo e Pemba, temos trabalho para um dois anos.

2 comentários:

  1. ola como posso entrar em contato com naguib pintamos juntos aqui em sao paulo
    uns tres ano abraços paulozits artista plastico

    ResponderEliminar
  2. Paulozits, vou procurar o contacto dele na minha agenda e passo-lhe em breve por esta via :-)
    Abraco

    ResponderEliminar